Navegar para Cima
Logo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas
Direção Regional dos Recursos Florestais
 



Bolsa de Prestadores de Serviços Florestais

Bolsa de Prestadores de Serviços Florestais da Região Autónoma dos Açores

 

A Estratégia Florestal dos Açores realça a importância da melhoria da competitividade do sector florestal, estando esta fortemente dependente da qualidade do desempenho dos intervenientes do setor, sendo imperioso continuar a apostar na valorização profissional destes agentes, como forma de assegurar a prestação de serviços de melhor qualidade.

Considerando que não existe informação harmonizada e facilmente acessível na Região sobre os agentes que prestam serviços no setor florestal, sendo a divulgação desta informação fundamental para potenciar novas dinâmicas de mercado, multiplicando relações comerciais entre os prestadores de serviços e os consumidores desses mesmos serviços.

A Bolsa de Prestadores de Serviços Florestais da Região Autónoma dos Açores, seguidamente designada por Bolsa, procurando veicular informação a qualquer interessado que pretenda recorrer à contratação de serviços nas áreas da silvicultura e exploração florestal, materializa-se numa base de dados de acesso público, onde constam os contatos, a(s) atividade(s) e outros dados pertinentes relativos às entidades aderentes.

A candidatura de qualquer entidade à Bolsa é um processo voluntário, não constituindo requisito para o exercício da sua normal atividade económica.

 

 

Objetivos

Prestar apoio aos produtores, proprietários e detentores de áreas florestais na Região, veiculando-lhes os contatos e informação sobre as empresas e agentes do setor que, por terem concluído o seu processo de adesão, cumprem com os requisitos estipulados na Portaria n.º 89/2016 de 16 de Agosto de 2016.
 
 
 
Destinatários
 
Podem aderir à Bolsa quaisquer pessoas singulares ou coletivas, de direito privado, cujos domínios de atividade estejam relacionados com a prestação de serviços nas áreas da silvicultura e exploração florestal, na Região Autónoma dos Açores, designadamente:
  • Consultores florestais;
  • Gestores florestais;
  • Formadores;
  • Prestadores de serviços na área da silvicultura;
  • Prestadores de serviços na área da exploração florestal.

  

 

O estabelecimento de contatos entre interessados na aquisição de serviços e as entidades aderentes é da exclusiva responsabilidade de quem recorre à Bolsa, não assumindo a Direção Regional dos Recursos Florestais qualquer responsabilidade nas relações contratuais que vierem a estabelecer-se entre produtores, proprietários, detentores de áreas florestais e, consultores, gestores ou prestadores de serviços florestais.

Pretende-se que a Bolsa de Prestadores de Serviços Florestais se assuma como um instrumento dinamizador do setor florestal Regional.

Ao nível da moldura legal existente, a Bolsa pouco acrescenta às obrigações que já são exigidas às empresas, constituindo sim um mecanismo que, para além da publicidade num portal institucional, garante aos agentes do mercado que as entidades aderentes respeitam estas obrigações, destacando-se dos demais Prestadores de Serviços que não constam na Bolsa.

Esta informação não dispensa a consulta da legislação em vigor.